Header Ads

"PANTERA NEGRA"SUCESSO ABSOLUTO


'Pantera Negra' lidera bilheteria no Brasil em semana de estreia

Filme levou mais de 1.6 milhão de pessoas aos cinemas nacionais, arrecadando R$ 30 milhões.
Por G1


Lupita Nyong'o, Chadwick Boseman e Danai Gurira em cena de 'Pantera Negra' (Foto: Divulgação)

O Filme mais aguardado do momento "Pantera Negra” teve ótima estreia nos cinemas no Brasil. O longa lidera a bilheteria no país, após arrecadar mais de R$ 30 milhões em sua semana de estreia. Mais de 1.6 milhões de pessoas foram conferir o primeiro projeto da Marvel protagonizado por um negro.
O lançamento do filme gerou entusiasmo e orgulho entre os africanos, pois pode ser a esperança para mudar de vez a representação dos africanos no cinema hollywoodiano, longe do tema pobreza.

“Cinquenta Tons de Liberdade” ficou em 2º lugar na bilheteria. Em sua segunda semana de exibição, o filme já soma um faturamento de R$ 42 milhões.

“Três anúncios para um crime”, que também estreou esta semana, ficou na terceira posição, faturando R$ 1.5 milhão.

“A Forma da Água” levou 78 mil pessoas aos cinemas em sua terceira semana de exibição. O longa ficou com a quarta posição no Top 10 de bilheterias.

Os dados são da comScore, empresa de monitoramento, entre e se referem ao período entre 15 e 18 de fevereiro.
VEJA O TRAILER DO FILME DUBLADO

             

Um comentário:

  1. Pantera Negra, como um filme, apela à velha arte de saber contar uma história, não apenas com a evolução de seu caráter (com aliados e adversários), mas também com uma estrutura teórica em jogo. Desfrutei de ver a Michael B. Jordan em Pantera Negra, eu gosto como interpreta o seu personagem, e sobre tudo é diferente a todos os filmes de Marvel. Eu vi que ele estrela na adaptação do livro Fahrenheit 451. Na minha opinião, será um dos os mehores filmes de drama de este ano. O ritmo do livro é é bom e consegue nos prender desde o princípio. O filme vai superar minhas expectativas. Além, acho que a sua participação neste filme realmente vai ajudar ao desenvolvimento da história.

    ResponderExcluir