Header Ads

BRAD PITT E LEONARDO DICAPRIO JUNTOS


Brad Pitt se une a Leonardo DiCaprio em novo filme de Tarantino


'Once upon a time in Hollywood' vai retratar Los Angeles dos anos 1960 e assassinatos cometidos por Charles Manson. Previsão de estreia é agosto de 2019.
Por Agencia EFE
foto us.hola.com

Brad Pitt posa para fotógrafos na estréia do filme "Allied" em Madri, na Espanha (Foto: AP Photo/Abraham Caro Marin)

Brad Pitt se unirá a Leonardo DiCaprio para protagonizar o novo filme do cineasta Quentin Tarantino, informou nesta quarta-feira (28) o site especializado "The Hollywood Reporter".

A produção vai retratar a Hollywood dos anos 1960, abordando, entre outros temas, os crimes cometidos pelo famoso assassino Charles Manson na época.
Também foram divulgados o título do filme, "Once upon a time in Hollywood" (Era uma vez em Hollywood, em tradução livre), e alguns detalhes sobre a trama.
De acordo com o "Hollywood Reporter", Tarantino a descreve como "uma história que acontece em Los Angeles em 1969, no apogeu da Hollywood hippie".

"Os dois protagonistas são Rick Dalton [DiCaprio], uma antiga estrela de westerns na TV, e seu dublê Cliff Booth [Pitt]. Os dois têm problemas para triunfar em uma Hollywood que eles não reconhecem mais. Porém, Rich tem uma vizinha muito famosa... Sharon Tate", disse o cineasta.

Foto mostra prisão de Charles Manson em 1969 (Foto: Arquivo/AP

Tate, mulher do diretor Roman Polanski, foi uma das nove pessoas que morreram nas mãos de Charles Manson e da seita conhecida como A Família. Os crimes comoveram a sociedade americana e marcaram simbolicamente um ponto de virada na contracultura dos anos 1960.

Manson foi condenado à prisão perpétua e morreu no dia 19 de novembro do ano passado, aos 83 anos.

Pitt e DiCaprio já trabalharam com Tarantino: o primeiro participou de "Bastardos inglórios" (2009), enquanto o segundo esteve em "Django livre" (2012).

Quentin Tarantino ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original por 'Django livre' (Foto: AFP PHOTO / JOE KLAMAR)

'Hollywood que já não existe'

"Eu trabalhei neste roteiro durante cinco anos e vivi no condado de Los Angeles a maior parte da minha vida, incluindo 1969, quando tinha sete anos. Estou muito emocionado de contar essa história de uma Los Angeles e de uma Hollywood que já não existem", completou Tarantino.
A estreia de "Once upon a time in Hollywood" está prevista para 9 de agosto de 2019, data em que a morte de Sharon Tate completa 50 anos.

O filme será o primeiro de Tarantino sem o apoio do produtor Harvey Weinstein, que apostou no diretor a partir de "Cães de aluguel" (1992), mas cuja reputação na indústria se afundou depois que foi acusado de agressão sexual por dezenas de mulheres.

Nenhum comentário