Header Ads

PARNAIBANOS TERÃO ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO NOS FINAIS DE SEMANA

Os  parnaibanos que trabalham durante toda a semana e que, por este ou outros motivos, ficavam impossibilitados de ir até o Centro de Especialidades Odontológicas cuidarem da saúde bucal, agora tem uma nova opção aos finais de semana. A implantação de serviços odontológicos aos sábados e domingos no Pronto Socorro Municipal é uma das primeiras medidas adotadas pelo novo secretário municipal de Saúde, Leonardo de Moraes Correia, visando atender as necessidades dos trabalhadores parnaibanos.
“O trabalhador que durante a semana não pode ir ao consultório do dentista, agora poderá se consultar nos finais de semana no Pronto Socorro Municipal que das 07:00 às 19:00, sempre terá um dentista disponível para atendê-lo”, orientou Correia.
O secretário adiantou ainda que nos próximos dias será disponibilizada a tabela mensal dos médicos plantonistas do Pronto Socorro. Desta forma, ao se dirigir a unidade de saúde em busca de atendimento, o paciente já saberá quais médicos estão de plantão. Nos turnos manhã, tarde e noite, são sempre dois profissionais. Em relação a eventual falta de insumos, que são os materiais utilizados por médicos e enfermeiros como, remédios, injeções e curativos, por exemplo, Leonardo Correia disse que logo ao assumir a pasta, há uma semana, fez um levantamento de todos materiais junto a equipe do almoxarifado e novas compras serão feitas de forma programada a fim de evitar imprevistos.
“Estamos fazendo todo o levantamento do que está faltando e vamos fazer a solicitação de novas compras programadas porque em hipótese alguma pode faltar medicação para os pacientes, para a população que procura as unidades de saúde do município”, assegurou. Em conversa com o novo secretário, o diretor do Pronto Socorro Municipal, Paulo Careca também disse que toda a logística está sendo elaborada para que as falhas do passado não voltem a se repetir. “Tivemos certa deficiência devido aos trâmites legais das empresas contratadas, pois enviávamos o pedido de compra e às vezes a medicação não vinha ou demorava muito. Levamos essa demanda ao secretário e ao prefeito Mão Santa e eles garantiram que todas as medidas serão tomadas para que os nossos pacientes não sejam prejudicados”, disse Careca.

Quanto a atual falta de 12 médicos, Correia explicou que há dois meses foram contratados novos profissionais, no entanto, o quadro voltou a ter baixa devido a alta rotatividade da classe, mas que já foi autorizado um novo teste seletivo. “Ocorre que o médico acaba sendo aprovado em outro teste seletivo ou concurso e entrega a vaga, mas o município já autorizou a realização de um novo seletivo e o edital será divulgado em breve”, completou o secretário.
A cidade de Parnaíba hoje tem a disposição da população 45 postos de saúde.

Nenhum comentário