Header Ads

MARÍLIA MENDONÇA FAZENDO UMA FESTA JUNINA DIFERENTE

A sofrência do público em esperar pela rainha do tema na Festa Junina de Votorantim terminou às 22h30 desta quinta-feira (7) quando a sertaneja Marília Mendonça subiu ao palco. Para matar a saudade da região, a goiana voltou, pelo segundo ano consecutivo, trazendo na bagagem seus sucessos.


(Foto: Eduardo Ribeiro Jr./G1)
"Estou muito ansiosa para subir ao palco. Na volta a gente sempre fica mais nervosa", comenta a cantora, lembrando que esteve na Festa de Votorantim em 2017 pela 1ª vez.

E para quebrar o gelo, abriu o show com um "Ei Saudade". O público cantou os sucessos da cantora, entre eles "Como faz com ela", "Infiel", "A Culpa é de quem?". Quando Marília Mendonça cantou "Meu Cupido é Gari" tirou muitos gritos do público.

Perguntada pelo G1 se o show era só sofrência, ela respondeu que não. "Eu falo pra galera que quem pensa que vem é só pra sofrer. Tem um monte de música para quem está solteiro. A gente faz uma mescla bem legal."


Mas Marília deixa bem claro. "Tem vários pontos altos. Tem hora que eu faço sofrer demais, depois já vem com uma música mais animada. Mas com certeza tem mais sofrência do que animada", brinca.

Em um momento da apresentação, a sertaneja até cogitou não cantar sofrência, mas os gritos de "canta, canta" fizeram com que ela abrisse o repertório mais melódico com "Não Casa, Não". Acompanhada do público, a sertaneja emendou "Traição Não Tem Perdão"

(Foto: Eduardo Ribeiro Jr./G1)

Foi então que o tema traição ganhou espaço. Marília perguntou: "Quem aí já foi traído?". O público respondeu com gritos, já dando a deixa para que "Infiel" ganhasse todo o recinto.

Com pouco mais de 40 minutos de show, a rainha da sofrência deixou brevemente o palco, mas a música não. Um clima de batidão, tocado pela banda da artista, agitou o público. Marília voltou de capuz e óculos escuros e entrou no clima, quando cantou e dançou funk e axé.
Uma hora após o início da apresentação, Marília Mendonça cantou "Eu Sei De Cor". A canção ecoou entre milhares de vozes. Mas foi acompanhada de um piano, com a luz do palco baixa, que Mendonça foi ovacionada pelo público, com "De Quem É A Culpa?", o que seria o ápice do show.


E pra quebrar o clima de coração partido, Marília Mendonça entrou na parte final do espetáculo com "Major Lazer", de Anitta e Pablo Vittar. Emendando com "K.O.", também de Vittar. Com 1h30, Marília Mendonça deixou o palco mas prometeu voltar.
Além do vozeirão, Marília Mendonça é conhecida também pelas composições. Ela já escreveu músicas para João Neto e Frederico, Cristiano Araújo, Henrique e Juliano, Bruno e Marrone, entre outros.

Postado por: Newsphb com informações de:  Eduardo Ribeiro Jr. e Geraldo Jr., G1 Sorocaba e Jundiaí

Nenhum comentário