Header Ads

TIMÃO EM DECADÊNCIA

O Corinthians em decadência não consegue engrenar sob o comando de Osmar Loss. Em mais uma atuação irregular, o Timão tropeçou pela segunda vez seguida em casa ao empatar por 0 a 0 com o Vitória, neste sábado(09/06), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a terceira partida consecutiva sem vencer. Após o apito final,uma parte da torcida vaiou a equipe.


 (Foto: Marcos Ribolli)
Com o empate o time paulista agora ficou com 16 pontos e perdeu a chance de encostar nas primeiras colocações. Na rodada passada, a equipe empatou em Itaquera por 1 a 1 com o Santos. O Vitória foi a 12 pontos e respira. Depois de ser goleado por 5 a 2 pelo Santos, o time de Salvador venceu a Chapecoense e arrancou um empate com o Corinthians.


O Corinthians voltou a exibir os problemas das partidas anteriores,teve dificuldade na criação das jogadas e deu muito espaço para o Vitória no meio de campo. Neilton, em dividida na área, e Wallyson, em chute de longe, pararam no goleiro Walter. Com Rodriguinho apagado, Osmar Loss concentrou todo o jogo corintiano na velocidade de Pedrinho pela direita, mas a boa marcação rubro-negra atrapalhou os planos. Na melhor chance, o garoto cruzou para Sidcley cabecear na trave. Ramon respondeu com um chute por cima quase na pequena área.

(Foto: Marcos Ribolli)
O Corinthians voltou para o segundo tempo sem mudanças na equipe e na forma de jogar. Depois de 15 minutos de pouco futebol, o gol quase saiu em um lance de sorte. Cedric errou o corte, e a bola ficou para Mateus Vital bater. Aderllan salvou antes que ela chegasse ao gol. Pedrinho também teve boa chance e bateu para fora após bela jogada de Sidcley. A partir dos 30, o Timão se lançou de vez ao ataque. Um desvio de Aderllan em chute de Henrique quase colocou a bola no ângulo direito de Elias. O ritmo, porém, caiu. O Vitória abandonou os contra-ataques, se fechou e conquistou um ponto importante.

(Foto: Marcos Ribolli)
O técnico Osmar Loss não tem conseguido neste início de trabalho repetir os bons números do antecessor Fábio Carille. Em seis partidas, ele conseguiu apenas uma vitória contra o América-MG e  três derrotas para Millonarios, Internacional, Flamengo e um empate com Santos.

Posta por: Newsphb com informações do: GE

Nenhum comentário