Header Ads

TRÊS PESSOAS MORRERAM EM UM GRAVE ACIDENTE DE TRÂNSITO

Um grave acidente que envolveu um carro, um caminhão e uma carreta, foi registrado no fim da tarde de segunda-feira (30/07/2018), na BR-040, em Itabirito, na Região Central de Minas Gerais. Na batida, três pessoas morreram – os pais da criança e um outro motorista. As equipes de resgate levaram mais de três horas para retirar um bebê que ficou preso às ferragens.

 (Foto: Reprodução/TV Globo)
O Prisma prata em que estava o bebê ficou irreconhecível, todo retorcido. É difícil imaginar como o menino de 10 meses sobreviveu – ele ficou preso entre o banco e a cadeirinha por mais de três horas, até que bombeiros e funcionários da Via 040 conseguissem resgatá-lo. Foi preciso serrar a lataria.

“Foi um trabalho de três horas para cortar o veículo sem ferir a criança e parte da carga estava sobre o veículo. A criança foi removida para o Hospital João XXIII e foi constatado que nenhum osso foi quebrado”, explicou o policial rodoviário federal Cilas Bernardes.

Mas os pais da criança – Cleber Teles Ribeiro, de 48 anos, e Rita Cristina Batista Mendes, de 38 – morreram no local do acidente. O homem que dirigia um caminhão pequeno, que ficou destruído, também morreu na hora. Ele foi identificado como Cilas Rodrigues Silva, de 41.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos foram atingidos por uma carreta carregada com produtos de limpeza que seguia pela BR-040, na pista sentido Rio de Janeiro.

O motorista que transportava a carga contou à polícia que, na altura de Itabirito, teve que invadir a contramão para desviar de um caminhão-tanque que estava parado em um congestionamento. A falta de sinalização adequada, no trecho em obras, pode ter sido uma das causas do acidente.

“Existe uma obra há mais de seis meses. O congestionamento se forma e nem sempre há uma sinalização adequada para que os motoristas sejam alertados em tempo oportuno”, disse o policial.

A PRF informou que o motorista que provocou o acidente não ficou ferido e que o disco do tacógrafo da carreta, que registra a velocidade, estava vencido.

“É uma infração de trânsito. Ele foi liberado, será aberto um processo, ele deverá ser ouvido ainda naturalmente, ele vai receber um processo por lesão corporal e pela morte das três pessoas”.

newsphb fonte  Bom Dia Minas, Belo Horizonte

Nenhum comentário