Header Ads

O FLAMENGO NÃO FOI CAMPEÃO POR CASO, LIDEROU TODOS OS RANKINGS.

O balanço final de público em 2019 teve o Flamengo como protagonista. O campeão brasileiro e da Libertadores levou 1,89 milhão de pagantes em seus 36 jogos como mandante na temporada e dominou os rankings de público e renda.

Pelo segundo ano consecutivo, o Rubro-Negro teve a maior média de pagantes na temporada: 52.537 torcedores por jogo. O número é tão expressivo que o Corinthians, que terminou na segunda colocação, ficou bem atrás do líder, com 33.143 pagantes por partida. Palmeiras (28.774), Fortaleza (28.236) e São Paulo (27.424) fecham o top 5


Jogos com maiores públicos e rendas em 2019

A hegemonia do Flamengo se reflete na lista dos cinco maiores públicos do ano. O clube carioca aparece em todos os jogos, quatro com o mando de campo e um como visitante. O recorde de público na temporada foi registrado na partida contra o CSA, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, 65.649 pagantes compareceram ao Maracanã.

Maiores públicos de 2019

Jogo Competição Público pagante Renda
Flamengo 1 x 0 CSA Brasileiro 65.649 R$ 3.735.850
Vasco 1 x 4 Flamengo Brasileiro 65.418 R$ 5.285,443
Flamengo 1 x 1 Athletico-PR Copa do Brasil 64.844 R$ 4.106.610
Flamengo 6 x 1 Avaí Brasileiro 64,648 R$ 3.401.634
Flamengo 5 x 0 Grêmio Libertadoes 63.409 R$ 8.150.645

O Flamengo também é líder no ranking das maiores rendas de 2019. A goleada por 5 a 0 sobre o Grêmio, na partida de volta das semifinais da Libertadores, registrou a maior arrecadação da temporada: R$ 8,1 milhões. São Paulo 0 x 0 Corinthians terminou o ano em segundo lugar. O jogo de ida da final do Paulistão teve uma receita de R$ 6,3 milhões.

Maiores rendas em 2019

Jogo Competição Renda Público pagante
Flamengo 5 x 0 Grêmio Libertadores R$ 8.150.645 63.409
São Paulo 0 x 0 Corinthians Paulista R$ 6.350.830 58.713
Flamengo 4 x 1 Ceará Brasileiro R$ 5.377.084 61.246
Vasco 1 x 4 Flamengo Brasileiro R$ 5.285.443 65.418
Grêmio 1 x 1 Flamengo Libertadores R$ 5.130.325 47.947



Clássicos baixam a média do Fla no Brasileiro

Nos 18 jogos do campeão brasileiro no Maracanã (a partida contra o Fortaleza foi no Engenhão), três dos quatro menores públicos pagantes foram contra Botafogo, Fluminense e Vasco – o menor foi justamente na estreia, diante do Cruzeiro. E o principal vilão desses números é o setor sul do estádio Jornalista Mário Filho.

Nos clássicos, toda essa parte do estádio foi destinada aos rivais, enquanto nas outras partidas o local foi dividido entre os torcedores visitantes e parte dos flamenguistas. As exceções foram os jogos contra Athletico-PR, CSA e Avaí, que não contaram com torcida visitante.

Mostrando a diferença em números, a média de público do Flamengo no Brasileiro foi de 55.025 pagantes por jogo. Se excluirmos os clássicos, esse número sobe para 56.729 por partida. Em renda, a média foi de R$ 2,81 milhões por partida. Sem os clássicos, essa média sobe para R$ 2,88. Pode não parecer muito, mas, caso os três clássicos tivessem essa média, a renda bruta do Flamengo no Brasileiro subiria de R$ 53,4 milhões para R$ 54,8 milhões.

Mas isso não quer dizer que os três clubes do Rio de Janeiro tenham levado menos torcida do que as equipes de fora contra o Flamengo. As partidas contra Fluminense e Vasco foram as que tiveram os maiores públicos visitantes, enquanto a diante do Botafogo, em comparação aos jogos com times de fora, só foi inferior aos confrontos com Palmeiras, Santos, São Paulo e Cruzeiro.

newsphb Por Guilherme Maniaudet, Leandro Silva e Leslie Leitão — Rio de Janeiro

Nenhum comentário